Home » Artigos » Açúcar Demerara

Açúcar Demerara

Brown cane sugar in a wooden spoon. Close-up.

O açúcar refinado faz parte da dieta humana há menos de 500 anos e apesar do nosso organismo não precisar dele, é fácil tornar-se escravo do açúcar refinado. A sua absorção muito rápida e a sua transformação em serotonina, ao chegar ao cérebro, tem ação tranquilizante e viciante.

Segundo os nutricionistas, é possível relacionar o aumento do consumo do açúcar refinado a maior incidência de doenças como o câncer, a obesidade, o diabetes e os problemas cardiovasculares. Mas existem alternativas a esse açúcar refinado, a exemplo do nosso tema do artigo de hoje, o açúcar demerara.

Também é feito a partir da cana de açúcar, porém diferencia no processo de refinamento para a sua futura venda. Ele é um açúcar granulado de coloração amarela, que é o resultado da depuração do açúcar mascavo, apresentando alto teor de melaço na sua composição e é mais usado para exportação.

Esse açúcar passa por um refinamento que não recebe nenhum aditivo químico e por isso, seus grãos apresentam uma coloração marrom-claros e altos valores nutricionais.

O açúcar demerara fica, considerando as questões estéticas, entre o açúcar mascavo e o açúcar refinado. Apresentando alguns grãos de tamanho diferenciado e com os mesmos benefícios do açúcar mascavo.

A cada 100 gramas do açúcar demerara são encontrados 0,01mg de Vitamina B1, que ajuda a manter o tônus muscular por todo a parede do trato digestivo e também promover a saúde do sistema nervoso, da pele, dos cabelos, dos olhos, da boca e do fígado.

  • 0,01mg de Vitamina B2, que é determinante no crescimento e na reprodução humana, fortalece os cabelos, unhas e a pele e atua diretamente na aceleração da cicatrização de lesões
  • 0,03mg de Vitamina B6, que previne e trata a anemia, ajudando na produção de hemoglobina, que é a responsável por carregar ferro pelo corpo.

Além das vitaminas acima citadas o açúcar também tem em sua composição outros nutrientes necessários para a boa saúde como o cálcio, o magnésio, o cobre, o fósforo, o potássio, as calorias e os carboidratos.

Atenção!

Você sabia que para o açúcar refinado ficar mais branco e soltinho, o açúcar extraído da natureza é submetido a um refino usando inúmeros produtos químicos e que durante esse refinamento as fibras, os sais minerais, as proteínas e os demais nutrientes são totalmente eliminados?

Isso mesmo, o que resulta do refinamento é apenas um produto químico cheio de calorias vazias e sem nenhum valor nutricional.

Além disso, o consumo do açúcar refinado produz um estado de superacidez no organismo humano, que acaba desmineralizando o nosso organismo, ou seja, levando o organismo a ter carência de minerais essenciais como o cálcio, o magnésio, o zinco, o cobre e o selênio.

Fonte:

Benefícios do açúcar demerara