Home » Artigos » Flocos de Milho

Flocos de Milho

flocos de milho

O milho deve ser finamente moído para tornar-se farinha. Não deve-se confundir farinha de milho com amido de milho. A farinha de milho pode ser vista tanto na cor amarela quanto na branca e é utilizada na panificação e combinada com outras farinhas para fins culinários. Enquanto a farinha de milho é moída a partir do núcleo inteiro do milho, o amido de milho é obtido a partir do endosperma do grão. Vamos analisar agora se a farinha de milho engorda e suas propriedades.

Farinha de milho branca combina bem com outros ingredientes e pode ser misturada com farinha de trigo para reduzir o glúten dos bolos e biscoitos. Ela é utilizada, ainda, como um enchimento ou liga em biscoitos, pastéis e até na indústria de carnes.

O cultivo da farinha de milho é tradicional dos povos da América, em especial da América do Sul; países como Brasil, Colômbia, México, Peru e Venezuela são os que mais consomem esse alimento.

De acordo com a ANVISA, farinha de milho e fubá são sinônimos. Porém, em linguagem coloquial, o fubá refere-se à farinha de milho moída mais fina, enquanto a farinha de milho refere-se ao produto mais grosso, em flocos, usado em farofas e no cuscuz. O processo de fabricação de cada um também se difere; o fubá é feito pela moagem dos grãos secos de milho, já a farinha é feita de uma massa de grãos peneirados e floculados.

Farinha de milho engorda?

A farinha de milho engorda, é um carboidrato e algumas pesquisas alegam que ela pode ser tão prejudicial à saúde e à perda de peso quanto o açúcar puro. Como a farinha de milho pode ser quebrada facilmente no processo de digestão, o açúcar que a contém passa rapidamente para a corrente sanguínea. Consequentemente, o pâncreas libera um fluido de insulina responsável por processar esse açúcar.

Infelizmente, o pâncreas continuará soltando insulina na mesma quantidade por algum tempo, mesmo tendo processado todo o açúcar pertencente à farinha de milho. O corpo irá responder a esse excesso de insulina almejando mais açúcar, o que leva a sensações de fome e às prováveis quebras de dieta. Por conta desse mecanismo, pode-se afirmar que a farinha de milho engorda, sim.

Além disso, a cada 100g de farinha de milho, há 351 calorias, um número alto. Utilizar em preparos a farinha de milho engorda, dependendo da quantidade e frequência de consumo, como qualquer outro alimento rico em carboidratos. 

Benefícios da farinha de milho

Quando o assunto é perda de peso, um dos mais difíceis obstáculos é encontrar substituições saudáveis de suas refeições preferidas. Muitos ingredientes de pratos, inclusive os de restaurante, são cheios de sal, gordura, açúcar e até a farinha que compra-se para cozinhar em casa pode trazer riscos à saúde e atrapalhar a perda de peso. Uma opção a ser considerada é passar a utilizar a farinha de milho, que não contém glúten.

– Tem pouca gordura

Uma das vantagens de cozinhar com farinha de milho é que esta é pobre em gordura. Em torno de 30g de farinha de milho há 1g ou menos de gordura e isso é uma qualidade importante, especialmente quando cozinhando em casa, já que muitos restaurantes utilizam alimentos com ingredientes altamente processados que contêm muita gordura.
– Não possui colesterol

Uma das maiores razões da perda de peso é reduzir alimentos que podem provocar doenças do coração. A obesidade coloca as pessoas em risco de pressão alta, veias entupidas e outros problemas do coração que até podem levar à morte. A farinha de milho não possui colesterol, sendo uma boa escolha para as pessoas em dieta.

– Possui pouco sódio

Outro nutriente que deve ser cuidadosamente controlado, em termos de saúde cardíaca, é o sódio. Excessos com o sódio pode ser, em diversos casos, tão maléficos à saúde quanto o colesterol. Produtos feitos com farinha tipicamente utilizam pouco sal; a farinha de milho contém poucos miligramas de sal por porção.
– Oferece ao corpo nutrientes vitais

A farinha de milho possui o potencial de prover ao corpo uma grande quantidade de vitaminas e minerais. Ela contém pequenas porções de fósforo, vitamina B12, magnésio, selênio e vitamina B6.

– Ajuda o corpo a melhor absorver nutrientes

Um dos maiores benefícios da farinha de milho é que ela ajuda o corpo a melhor absorver os nutrientes dos alimentos. O processo que envolve o preparo de milho em uma solução alcalina chamada Nixtamalization não apenas adiciona cálcio aos alimentos, mas também aumenta a biodisponibilidade de outras vitaminas e minerais. Isso aumenta a habilidade do corpo de processar esses nutrientes.

– Zinco

A farinha de milho amarela serve como uma fonte de zinco, importante mineral para o funcionamento de enzimas. O zinco ativa enzimas que regulam a atividade dos genes dentro das células, melhora o sistema imunológico e ajuda a converter comida em energia. Também faz parte das membranas celulares e também ativa uma enzima antioxidante capaz de manter essas membranas, assim como o DNA e proteínas, de serem danificados. Um copo de farinha de milho amarela contém 2mg de zinco e isso corresponde a 25% do recomendável diariamente.

– Ferro

Farinha de milho também fornece ferro; em cada copo há 2,8mg de ferro, o que corresponde a 35% do recomendável diariamente para homens e 16% para as mulheres. O ferro que vem da dieta é incorporado na hemoglobina, uma proteína encontrada nas células sanguíneas que promove oxigênio na circulação. O ferro também permite que as células produzam energia e isso ajuda as células brancas do corpo, componentes do sistema imunológico, a lutarem contra infecções.

– Carotenoides e Vitamina A

Carotenoides, pertencentes à família dos pigmentos amarelos, laranjas e vermelhos, promovem o funcionamento do tecido e lutam contra doenças. A luteína, por exemplo, é um carotenoide presente na farinha de milho, filtra a luz quando esta entra nos olhos, promovendo uma visão saudável e precavendo doenças nos olhos. Outro carotenoide, como o beta-caroteno, decompõe-se em vitamina A e ajuda o sistema imunológico, auxilia no crescimento celular e melhora a produção de células vermelhas no sangue. Graças aos carotenoides, cada copo de farinha de milho adiciona 250 unidades de vitamina A para as refeições, fornecendo 11% da quantidade diária recomendada.

– Fibras

Adicionar farinha de milho amarela nas refeições faz com que estas satisfaçam mais, porque a farinha absorve água e incha no trato digestivo. A fibra ajuda o corpo a responder propriamente à insulina e controla o nível de açúcar no sangue, ajudando a abaixar os níveis de colesterol. Fibras também contribuem no combate a doenças cardiovasculares e reduzem o risco de que ocorram diabetes do tipo 2. Um copo de farinha de milho possui 8.5g de fibra e isso equivale a 34% de recomendado diariamente.

Na Viver Bem, oferecemos a nossos clientes diversas opções de Farinha de Milho: Chocobol, Morambol, Corn Sugar, Banana e Corn Sugar Natural.

Fonte: http://www.mundoboaforma.com.br/farinha-de-milho-engorda/#Tm2SFXKusY9H3wgU.99